| 
  • This workspace has been inactive for over 11 months, and is scheduled to be reclaimed. Make an edit or click here to mark it as active.
  • If you are citizen of an European Union member nation, you may not use this service unless you are at least 16 years old.

  • You already know Dokkio is an AI-powered assistant to organize & manage your digital files & messages. Very soon, Dokkio will support Outlook as well as One Drive. Check it out today!

View
 

Unidade Dois

Page history last edited by Adriana Marques 15 years, 1 month ago

 

“A aprendizagem, por sua vez, está profundamente relacionada ao crescimento,

 

não existe possibilidade de crescimento sem aprender. Para aprender, não basta

 

só ouvir, mas ESCUTAR. Para que o olhar possa transformar-se em VER e o

 

ouvir em ESCUTAR, o intervalo estabelecido  entre eles necessita ser

 

preenchido pela nomeação possibilitada do pensamento.” 

 

 

Furlanetto- Compreender e Ensinar- 

 

  

 

 

Unidade Dois 

 

 

Coloquei o pensamento acima de Furlanetto, para pensar um pouco na realidade de minha escola. Trabalho há treze anos na  EMEF. Castro Alves, município de Cachoeirinha. Temos atualmente 180 alunos distribuídos nas seguintes anos/séries. Um pré B com alunos oriundos de creche na faixa etária de 5 anos Um primeiro ano com alunos na faixa etária de 6 anos, dois segundos anos( antiga primeira série), um terceiro ano, um quarto ano e uma quarta série.Uma turma de progressão criada ano passado, atualmente com onze alunos todos com defasagem idade/série.Na turma de progressão temos uma aluna que acompanho desde o ano passado, pois como já relatei anteriormente atuo no laboratório de aprendizagem e sempre que possível nas reuniões internas falava da aluna T. que fora encaminhada para mim e que não estava conseguindo atingí-la. Em parceria com o SOE de minha escola investigamos sua vida escolar anterior. Estudou conosco no primeiro ano, depois a família transferiu-se para o município visinho e a menina estudou seis anos na mesma escola, onde freqüentou o laboratório de aprendizagem. Parece-me somente com previsão de entrada. Chegou para nós na terceira série com dificuldades de relatar fatos com sequência lógica, conservação, seriação, tempo, reversibilidade... Fizemos encaminhamento para triagem na SIR ( sala de integração e recursos) e atualmente a aluna está na turma de progressão e atendida na SIR.

Temos outro caso de do aluno E.O aluno foi matriculado no ano de 2008 no primeiro ano  e tão logo percebido pela professora ter deficiência,  apresenta transtorno global do desenvolvimento, o SOE chamou-se os pais e foi encaminhada ficha de triagem para a SIR ( sala de integração e recursos). No ano de 2009 o aluno E. estuda no segundo ano do ensino fundamental de 9 anos e tem acompanhamento especializado.Segundo a professora da turma até o momento está acompanhando os objetivos propostos pelo ano. O que acontece com este aluno vem de acordo com artigo 24 que coloca que as pessoas com deficiência não sejam excluídas do ensino fundamental gratuito e possam ter acesso não só de direito, mas de fato em igualdade de condições com as demais pessoas na comunidade em que vivem.

Se o que aconteceu com E., tivesse acontecido com T. sua defasagem de conhecimento/idade/ série seria bem menor. A aluna ficou vários anos, na mesma escola sem avanços de conhecimento, apenas foi dada a vaga na turma.

Inclusão é assunto sério, TODOS da escola devem estar envolvidos. Recentemente nossa escola fechou para interagir com Soraia Napoleão e todos da escola foram convidados para a palestra.

 

Adriana Marques- 

Comments (1)

Daniela said

at 11:15 am on Jun 13, 2009

Bom dia Adriana,
Você contextualiza sua escola e cumpre com os requisitos da atividade solicitada na Unidade 2. Também relata sinteticamente os casos de T. e D. que resultaram em processos educacionais distintos, sendo o primeiro mais inclusivo e o segundo mais excludente. Você reflete sobre a legislação existente e apresenta os argumentos que julga importantes, o que evidencia apropriação das leituras da interdisciplina. Lembre-se que seu leitor não sabe algumas coisas, quando utlizamos qualquer sigla devemos informar o significado das mesmas também por extenso, por exemplo: SOE (pode parecer óbvio para nós, mas pode não ser tõ óbvio para outros). Sua indicação de que a inclusão é de todos é pertinente e significativa. A predisposição da escola em discutir questões que envolvam o processo de inclusão de alunos com necessidades educacionais especiais através de momentos de formação, como o que ocorreu com a professora Soraia Napoleão Freitas da UFSM (Universidade Federal de Santa Maria), demostra uma preocupação com um movimento que já foi iniciado e não deve retroceder.
Bom trabalho.
Abçs,
Daniela
* Sugiro a observação de aspectos gramaticais em seu texto.

You don't have permission to comment on this page.